NOTÍCIA - prefeitura/politica

11 de abril de 2017 | MENOR | MAIOR | |

PTB, PV e PSC se articulam e querem ocupar Educação de Cuiabá.

Pasta tem o segundo maior orçamento na estrutura municipal; titular segue indefinido
PTB, PV e PSC se articulam e querem ocupar Educação de Cuiabá.

Sem titular definitivo desde a exoneração da secretária Mabel Strobel (PSC), a Secretaria Municipal de Educação está sendo disputada, nos bastidores, por três partidos da base do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (PMDB). 

Segundo apurou a reportagem, PTB, PV e PSC se articulam para ter um de seus membros nomeados por Emanuel como titular. 

Atualmente, o secretário de Gestão, Rafael Cotrim, filiado ao PTB, dirige interinamente a Educação. 

Segundo o presidente municipal do partido, Roberto Bezerra, o objetivo é efetivar Cotrim na secretaria e deixar a Gestão para outros partidos da base. 

“O prefeito tomou a decisão de mudar a secretária. Então, ele que está fazendo as articulações, até porque existe o arco de aliança. Mas temos interesse. Se ficarmos com a Pasta, provavelmente seria o Rafael Cotrim. Ele está interinamente. E se o prefeito entender que possamos se efetivar, é do interesse do partido”, afirmou. 

Roberto Bezerra

Já pelo PV, o vereador Mario Nadaf disse que o atual secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa, poderia ser remanejado para a Pasta.

Segundo ele, Stopa é filiado ao partido e também é professor, o que o credencia ao cargo. 

“Nada mais justo. Todas as secretarias que foram colocadas como desafio ao PV, levamos com bom termo. O Cuiabá-Vest, por exemplo, tocamos muito bem. Serviços Urbanos também. Depende só do prefeito colocar esse desafio”, disse. 

Por outro lado, o PSC, partido da secretária exonerada, busca se manter na Pasta. Esta semana, o deputado federal Victorio Galli (PSC) deve coordenar uma reunião com filiados para tratar sobre o assunto. 

O partido critica a forma como Emanuel exonerou Mabel. Para eles, a decisão foi “unilateral”. 

A reunião, inclusive, pode deliberar por romper com o prefeito. 

Além disso, nos bastidores há ainda a possibilidade da atual adjunta, Edilene Machado, ser nomeada como titular. 

Orçamento 

A Secretaria de Educação é a segunda Pasta com maior orçamento da Prefeitura de Cuiabá. De acordo com dados da Lei Orçamentária Anual (LOA), aprovada pela Câmara Municipal em 2016, a Educação tem R$ 480,5 milhões para 2017, o que representa 24% da LOA. 

À frente, somente a Saúde, com R$ 780,3 milhões, o que representa 40% do orçamento.

 

PTB, PV e PSC se articulam e querem ocupar Educação de Cuiabá.
Fonte: Querência em Foco com DOUGLAS TRIELLI

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.