NOTÍCIA - geral

13 de abril de 2017 | MENOR | MAIOR | |

Gerente de fazenda é preso acusado de matar onças em Mato Grosso

Gerente de fazenda é preso acusado de matar onças em Mato Grosso

O gerente de uma fazenda foi preso durante uma operação conjunta deflagrada pela Polícia Judiciária Civil e Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama). A detenção ocorreu no final de março em uma fazenda que fica a 70 km de Apiacás (1.005 km de Cuiabá), mas só foi divulgada nesta quarta-feira (12). O homem é acusado de caça ilegal de onça, o que é considerado crime ambiental.
 
Antônio Cardoso da Silva, 39 anos, é gerente de uma fazenda que fica a 70 quilômetros do município. Ele foi autuado em flagrante pelos crimes constantes no art. 29, § 1º, inciso III c/c § 4º, inciso I, da Lei 9.605 e art. 12 da Lei n. 10.826/03  (matar espécime rara ou considerada ameaçada de extinção, da fauna silvestre) e posse irregular de arma de fogo e munições.
 
Na fazenda, os policiais encontraram uma onça-pintada morta, além de partes de outras onças, armas de fogo (uma espingarda calibre 36 e uma carabina winchester calibre 34) e munições. A operação contou com apoio aéreo do Ibama de Alta Floresta. O animal é considerado ameaçado de extinção.
 
Participaram da operação o agente ambiental Emerson Servello e três tripulantes da aeronave do Ibama - Alta Floresta, os policiais civis da Delegacia de Polícia de Apiacás, o Investigador Danilo Berselli da Delegacia de Paranaíta, coordenados pelo delegado de Marcos Lyra.

Gerente de fazenda é preso acusado de matar onças em Mato Grosso
Fonte: Querência em Foco com Wesley Santiago

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.