NOTÍCIA - Agronegócio

18 de abril de 2017 | MENOR | MAIOR | |

RECONHECIDA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA DE CIDADE MATO-GROSSENSE

( Foto Divulgação )
RECONHECIDA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA DE CIDADE MATO-GROSSENSE

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, órgão ligado ao Ministério da Integração Nacional, reconheceu a situação de emergência no município de Juruena. Conforme portaria divulgada no Diário Oficial da União, o município foi castigado por chuvas intensas no início do ano e a prefeitura decretou situação de emergência no dia 23 de fevereiro.

Na última semana, a secretaria também reconheceu a situação de emergência dos municípios de São José do Xingu, Santa Cruz do Xingu, Jauru, Barra do Bugres e Vale do São Domingos. Estas cinco cidades mato-grossenses foram castigadas pelas fortes chuvas no início deste ano, apresentaram variados danos e tiveram prejuízos. Em todos os casos, os prefeitos decretaram a situação de emergência que primeiramente foi analisada pela Defesa Civil estadual e depois reconhecida em nível federal.

Nestas localidades, foram registrados casos de alagamentos e moradores que tiveram suas residências com algum tipo de dano. Além disso, foram danificados pontes, bueiros e estradas. Entre os problemas enfrentados pelos municípios e comunicados à Defesa Civil, estão pontes, bueiros e estradas afetados pelas águas. Há atoleiros impedindo, por exemplo, o tráfego dos veículos escolares, ambulâncias e outros.

No município de Barra do Bugres, por exemplo, o prefeito Raimundo Nonato de Abreu apontou em seu decreto que as fortes chuvas de janeiro causaram precipitações acima da média com transbordamento de rios e a destruição de pontes, trechos de estradas, obras de infraestrutura no perímetro urbano, dificultando o trânsito de pessoas pelos locais afetados. Ao todo, 1.428 pessoas foram atingidas pelos desastres e o prejuízo avaliado era de R$ 3,7 milhões.

RECONHECIDA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA DE CIDADE MATO-GROSSENSE
Fonte: Querência em Foco com Agronoticia.

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.