NOTÍCIA - geral

22 de agosto de 2017 | MENOR | MAIOR | |

Crixás (GO) - Teatro ensina sobre as consequências do uso de drogas.

Alunos de escolas de Crixás/GO recebem o projeto Ciência Divertida através da lei de incentivo à cultura.
Crixás (GO) - Teatro ensina sobre as consequências do uso de drogas.

Através de um espetáculo teatral interativo, divertido e lúdico, cientistas levam crianças de cinco a 14 anos da rede pública de ensino, a uma reflexão sobre as consequências psíquicas e emocionais que acontecem com o uso de drogas. Esta é a proposta do projeto Diverte Teatro Viajante, idealizado pela Ciência Divertida, que será realizado via VR Projetos através da lei de incentivo à cultura - Lei Rouanet, com o patrocínio da Mineração Serra Grande de 22 a 24 de agosto em Crixás/GO.

“A mensagem é séria, mas passada de uma forma lúdica e de extrema importância para as crianças do nosso país, que podem leva-la adiante”, explica Renato Paixão, diretor da VR Projetos, que presta consultoria a empresas de todo Brasil na utilização dos recursos do imposto de renda junto às leis federais de incentivo.

A peça Viagens Perigosas utiliza como exemplo drogas pesadas, como crack e cocaína, além daquelas que aparecem em festas como as drogas sintéticas. Neste encontro, os alunos têm a oportunidade de entender o funcionamento do cérebro e o que muda no nosso organismo com o uso dessas substâncias.

O projeto acontece dia 22, às 8h, 10h, 13h30, 15h30 e às 19h (sendo esta última aberta a comunidade). Já no dia 23 os espetáculos serão às 8h, 10h, 13h30 e às 19h (sendo esta última aberta a comunidade). E no dia 24 às 14h. As apresentações acontecem no Auditório Cláudio Eloi Santana e serão para alunos de 10 escolas municipais da cidade e para a Colégio Cora Coralina.

Sobre a Ciência Divertida
Criada na década de 90, na Espanha, com a missão de transformar a ciência em um jogo no qual as crianças descobrem e experimentam o mundo de forma lúdica e divertida, a Fun Science – Ciência Divertida – está presente em 37 países com 146 escritórios ao redor do mundo, por um sistema de franchising internacional. A proposta é estimular as crianças a descobrirem a ciência por meio de oficinas recreativas, permitindo a elas aprender e se divertir ao mesmo tempo, através dos experimentos científicos. Os ‘cientistas malucos’ propõem de forma teatralizada, oficinas interativas para o público de 04 a 17 anos.

Sobre a VR Projetos
A VR Projetos Culturais e Sociais Transformadores é uma empresa que nasceu a partir da percepção de Vera Shida, profissional de marketing e Responsabilidade Social Empresarial e de Renato Paixão, advogado especialista em direito empresarial com foco nas leis de incentivo. Nasceu para facilitar o uso das Leis de Incentivo pelas empresas e, ao mesmo tempo, explicar que estas leis podem ser usadas como ferramenta de transformação social. “Auxiliamos empresas para que utilizem as leis de Incentivo federais como Rouanet, Esporte, Pronas e Pronon de maneira pensada e organizada” explica Shida. E completa: “Apresentamos projetos culturais que estejam alinhados a política de comunicação da empresa interessada na região onde atua”. A VR tem sede em Porto Alegre, mas atua em diversos Estados do Brasil.

Crixás (GO) - Teatro ensina sobre as consequências do uso de drogas.
Fonte: Querência em Foco com Rossana Gradaschi

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.