NOTÍCIA - Agronegócio

03 de outubro de 2017 | MENOR | MAIOR | |

Parceria disponibiliza sêmen de touros superiores Hereford e Braford

Conexão Delta G e Progen apresentam ao mercado reprodutores com melhor desempenho no Programa Touro Jovem
Parceria disponibiliza sêmen de touros superiores Hereford e Braford

Uma parceria entre a Conexão Delta G, que reúne criadores das raças Hereford e Braford, e a Progen Inseminação Artificial vem garantindo ao mercado touros com alta qualidade genética. Parte dos animais selecionados pela central de inseminação para ter a sua genética difundida são provenientes do Programa Touro Jovem, que consiste em um processo de seleção de touros geneticamente superiores. Atualmente esse processo é considerado o mais seguro para a identificação de reprodutores que venham a ser multiplicadores da raça.

O presidente da Conexão Delta G, Eduardo Eichenberg, explica que por meio dessa seleção é possível identificar os animais superiores dentro de cada safra, e que, além de superiores, produzam os melhores resultados. Relata que primeiro os touros são submetidos a uma forte pressão de seleção, devendo estar entre os 1% melhores machos com Certificado Especial de Identificação e Produção (Ceip) da geração. Na sequência, é feita uma simulação de acasalamento desses candidatos previamente selecionados com todas as novilhas da mesma geração (que irão entrar em cria aos dois anos de idade), através do Programa de Acasalamento Dirigido (PAD). “Após, se filtra os animais que nesses acasalamentos simulados produziram os melhores resultados e, então, é criada uma relação final de candidatos, os quais são, primeiramente, revisados pelos criadores, após, pelo técnico da Associação Brasileira de Criadores de Hereford e Braford (ABHB), e, finalmente, pela central de inseminação, quando, então, é feita a escolha dos reprodutores que irão para coleta”, ressalta.

Eichenberg salienta a importância da parceria com a Progen. A central de inseminação auxilia o processo de escolha através da identificação dos touros que vão ter o maior apelo comercial no mercado, além de assumir a coleta e produção das doses de sêmen dos animais, assim como a distribuição para todos os integrantes da Conexão Delta G. “O sêmen desses touros será utilizado nos diferentes rebanhos participantes do programa, e, através da avaliação de suas progênies, teremos a informação de produção dos pais. Aqueles touros que tiverem os melhores resultados possivelmente serão contratados pela Progen”, comenta.

O presidente da Conexão Delta G reforça a segurança de todo esse processo de seleção de touros multiplicadores. “Muitos dos animais que lideram o Sumário de Touros da Conexão Delta G, nas suas várias edições, foram, nas suas respectivas safras, touros jovens, e, muitos desses são, também, filhos e netos de touros jovens. Isso mostra a consistência desse processo e coroa o trabalho que realizamos na entidade”, afirma Eichenberg.

O diretor da Progen, Fábio Barreto, informa que neste ano realizaram o teste de progênie em touros que nasceram em 2015 e que, portanto, estão com dois anos de idade. Explica que são selecionados os touros com a melhor avaliação genética. “Nós vamos até as fazendas dos sócios da Conexão e avaliamos também a parte de fenótipo, de qualidade do sêmen desses touros. Neste ano elegemos quatro Braford e três Polled Hereford para fazer a coleta do sêmen e distribuir para os usuários da Conexão Delta G,” salienta.

Barreto destaca que dentro de dois anos será possível saber como esses touros se reproduzem e ter a sua avaliação genética. Os que apresentam melhor desempenho no teste de progênie são posteriormente contratados e disponibilizados para o mercado para a venda de sêmen por meio da Progen e da Alta Genetics. De acordo com Barreto, o grande benefício destas avaliações é ofertar para o mercado touros provados, que já tiveram a progênie avaliada, além de terem sido aprovados em um programa de renome internacional, como o da Conexão Delta G. “Este programa se destaca pela seriedade, pela precisão das informações. Por isso é muito importante para o Progen ter esses animais avaliados por ele”, observa.

O diretor da Progen cita o touro da raça Braford Capataz, da Pitangueira, de Itaqui (RS), como exemplo de que o programa de teste de progênie funciona bem. “Este touro participou do teste há três anos, os seus filhos foram avaliados, e hoje é o líder do Sumário de Touros da Conexão Delta G”, salienta.

Parceria disponibiliza sêmen de touros superiores Hereford e Braford
Fonte: Querência em Foco com Conexão Delta G.

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.