NOTÍCIA - Agronegócio

05 de outubro de 2017 | MENOR | MAIOR | |

Alta do dólar impacta no preço da soja que valoriza 6,21% em MS, neste mês.

A alta recente do dólar e a demanda aquecida no mercado exterior, ajudaram a elevar o preço médio da saca de soja em 6,21% em Mato Grosso do Sul, neste mês.
Alta do dólar impacta no preço da soja que valoriza 6,21% em MS, neste mês.

Os dados são da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de MS).

Entre os dia 1º e 26 de setembro, o preço médio da soja em Mato Grosso do Sul apresentou valorização de 6,21%. A saca de 60 quilos encerrou o período cotada em R$ 60,94.

Em Maracaju, um dos maiores produtores do grão no Estado, o preço da soja alcançou R$ 61,50, com crescimento de 7,89% no acumulado do mês.

De acordo com o analista de economia do Sistema Famasul, Luiz Gama, alguns fatores explicam o preço. “A expectativa de atraso no plantio em função da irregularidade das chuvas no Hemisfério Sul, houve uma alta recente do dólar e a demanda aquecida, sobretudo internacional, motivaram a elevação dos valores da saca”, afirma.

Só que mesmo com o crescimento, os valores não se comparam com os praticados no ano passado. Em setembro de 2016, a saca valia em média, R$ 71,48, com recuo de 17%.

Até o dia 25 deste mês, Mato Grosso do Sul já havia comercializado 73,24% da safra 2016/17, avanço de três pontos percentuais em relação à semana anterior.

Alta do dólar impacta no preço da soja que valoriza 6,21% em MS, neste mês.
Fonte: Querência em Foco com Campo Grande News

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.