NOTÍCIA - prefeitura/politica

03 de abril de 2018 | MENOR | MAIOR | |

DEM cita “fantasia” de WS e descarta Mauro como vice de Taques

Wilson Santos defendeu que a sigla renove a aliança com o governador visando o pleito de 2018
DEM cita “fantasia” de WS e descarta Mauro como vice de Taques

Presidente do DEM em Mato Grosso, o deputado federal Fabio Garcia classificou como “fantasiosa” a hipótese de lançar o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), como candidato a vice-governador numa eventual chapa encabeçada pelo governador Pedro Taques (PSDB).

 

A ideia foi sugerida recentemente pelo secretário de Estado de Cidades, Wilson Santos (PSDB), que defendeu a renovação da aliança entre o DEM e Taques para as eleições deste ano.

 

O tucano defendeu ainda que Mendes aguarde a disputa de 2022 para tentar uma vaga ao Governo, já que ele seria o “candidato natural à sucessão” de Taques.

 

Esse é o mundo da fantasia do Wilson. Eu vou para o mundo real. Mundo real é que aqui em Mato Grosso o DEM reuniu um grande time que está construindo um novo projeto para o Estado

“Esse é o mundo da fantasia do Wilson. Eu vou para o mundo real. Mundo real é que o Democratas em nível nacional tem um pré-candidato a presidente da Republica, Rodrigo Maia, e aqui em Mato Grosso reuniu um grande time que está construindo um novo projeto para o Estado. Esse é o mundo real”, afirmou Garcia.

 

“O mundo da fantasia, em que a gente [DEM e PSDB] pode estar junto, não está em construção por enquanto”, acrescentou o deputado.

 

Apesar da declaração, Garcia evita falar em um rompimento da sigla com o governador Pedro Taques.

 

Segundo ele, o DEM, neste momento, está trabalhando para construir um projeto político para Mato Grosso, com candidaturas próprias no Estado.

 

Pelo menos até o dia 7 de abril, quando se encerra o prazo de filiações e mudanças partidárias, o partido ainda não vai falar sobre nomes que podem pleitear o Governo ou o Senado, por exemplo.

 

Entre os nomes mais cotados para concorrer a esses cargos, estão o do próprio ex-prefeito Mauro Mendes e também do ex-senador Jaime Campos.

  

“Não estamos de mal com o Governo. Não fazemos política de bem ou mal. Estamos, com todo o direito e legitimidade, construindo um projeto novo para o Estado de Mato Grosso. Primeiro estamos montando nosso time e faremos isso até o dia 7, para depois pensarmos em nomes”, disse o deputado.

 

“Feliz de um partido que tem duas lideranças tão fortes como Jaime e Mauro e todos dialogando com muita tranquilidade. Ninguém impondo nenhuma posição. Decidimos que vamos primeiro construir um novo projeto para o Estado e depois definir quais nomes melhor representam esse projeto”.

DEM cita “fantasia” de WS e descarta Mauro como vice de Taques
Fonte: Querência em Foco com Camila Ribeiro.

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.