NOTÍCIA - Policial/Acidente

03 de abril de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Médicos decretam morte cerebral de menina de 4 anos que foi vítima de acidente na BR-163 em MT

Os pais da criança, Lucas Buffon e Poliana de Lara, de 29 anos e 24 anos, respectivamente, também morreram no acidente. Família é do Paraná e passava férias em Mato Grosso.
Médicos decretam morte cerebral de menina de 4 anos que foi vítima de acidente na BR-163 em MT

Uma menina de 4 anos, que foi vítima de um acidente ocorrido na BR-163, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, na terça-feira (27), teve a morte cerebral decretada nesta segunda-feira (2) pelos médicos do Pronto Socorro de Cuiabá, onde está internada desde a última quarta-feira (28). A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde da capital.

A criança, que sofreu traumatismo craniano, é filha de Lucas Buffon, de 29 anos, e Poliana de Lara Martins Pinto, de 24 anos, que também morreram. A irmã da menina, um bebê de dois meses de idade, teve traumatismo craniano moderado, mas o estado de saúde dela não foi informado.

Segundo a Secretaria de Saúde, a criança está respirando por aparelhos e assim deve permanecer até que todos os órgãos parem de funcionar. O protocolo de morte encefálica foi aberto nesta manhã.

A família é do Paraná e passava as férias na casa de parentes, em Mato Grosso. Eles teriam vindo ao estado para visitar o pai de Lucas Buffon, que mora em Sinop, a 503 km da capital.

A família teria viajado, ainda, até Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, para celebrar o aniversário de uma sobrinha. No dia do acidente, eles retornavam para Sinop para passar mais alguns dias na casa de familiares.

 
Poliana Lara, de 24 anos, e o marido dela, Lucas Buffon, de 29, morreram no acidente (Foto: Facebook/ Reprodução)Poliana Lara, de 24 anos, e o marido dela, Lucas Buffon, de 29, morreram no acidente (Foto: Facebook/ Reprodução)

Poliana Lara, de 24 anos, e o marido dela, Lucas Buffon, de 29, morreram no acidente (Foto: Facebook/ Reprodução)

 

 

O acidente

 

Lucas Buffon é quem dirigia o carro de passeio envolvido no acidente. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista da carreta que bateu de frente com o carro da família, identificado como Douglas Fabrício da Silva, de 36 anos, foi preso em flagrante por embriaguez.

O teste do bafômetro apontou que ele estava dirigindo embriagado. O exame constatou 0,61 miligramas de álcool por litro de ar expelido, quantidade acima do limite considerado crime, que é de 0,34 miligramas. Ele saiu ileso do acidente.

À Polícia Civil, o motorista da carreta disse que estava dirigindo na pista quando o carro teria supostamente invadido a via contrária e provocado a colisão. Mas o caso será investigado.

 

 

Médicos decretam morte cerebral de menina de 4 anos que foi vítima de acidente na BR-163 em MT
Fonte: Querência em Foco com Lislaine dos Anjos, G1 MT.

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.