NOTÍCIA - prefeitura/politica

11 de abril de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Wellington Fagundes diz não temer concorrência de Mauro Mendes na eleição deste ano

Wellington Fagundes diz não ter dúvidas que, pela primeira vez na história de Mato grosso, haverá segundo turno para a eleição a governador.
Wellington Fagundes diz não temer concorrência de Mauro Mendes na eleição deste ano

O senador Wellington Fagundes (PR) pré-candidato ao Governo de Mato Grosso garante que não se abalou com o anunciou feito pelo DEM na segunda-feira de que o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes aceita disputar o Governo do Estado. Fagundes diz não temer a movimentação dos ex-aliados do governador Pedro Taques (PSDB) que querem o Palácio Paiaguas.

“Quem quer ser candidato não pode se preocupar com adversários ou concorrentes”, disse anuncia, mesmo sabendo que a movimentação de Mauro Mendes pode significar menos apoio de partidos à sua candidatura.

Wellington Fagundes diz não ter dúvidas que, pela primeira vez na história de Mato grosso, haverá segundo turno para a eleição a governador. “Temos que agir com habilidade, firmeza necessária e equilíbrio para que, indo ao segundo turno, possamos conseguir mais aliados”, defende.

Por isso, o senador busca se aproximar do grupo e sustenta que as vagas de vice, duas de senador e as quatro de suplentes possam servir para abrigar essas siglas, como o DEM, PSD e PDT. “Precisa ter representação partidária, regional e social. Vocês conhecem as minhas características e não sou de briga e sim de diálogo”, ressalta.

A pré-candidatura de Wellington é sustentada pelos partidos que PR, MDB, PP e PTB. Antes o grupo contava com o apoio do PSB, do deputado federal Valtenir Pereira. No entanto, o diretório foi destituído pela executiva nacional e repassado para os braços do deputado estadual Max Russi (PSB), que vai levar a sigla para a base governista.

Wellington Fagundes diz não temer concorrência de Mauro Mendes na eleição deste ano
Fonte: Querência em Foco com Redação 24 Horas News

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.