NOTÍCIA - Policial/Acidente

11 de maio de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Criança estuprada pelo tio é transferida de hospital

A criança saiu da UTI e não corre risco de vida.
Criança estuprada pelo tio é transferida de hospital

A criança identificada como Y.V.S.M, de 6 anos, estuprada e dilacerada pelo tio Gelson José Costa Marques, 27 anos, foi transferida para o Hospital Universitário Júlio Müller, na terça-feira (8). A menina estava internada no Pronto-Socorro de Cuiabá (PSMC), desde sábado (5), após ter sido muito machucada pelo criminoso durante o crime.

Conforme informações da unidade de saúde, localizada no bairro Alvorada, o estado de saúde da vítima é considerado estável e ela não corre mais risco de morte. No Pronto-Socorro, Y.V.S.M, ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e realizou um procedimento de reconstrução dos órgãos, após a sua genitália ser dilacerada pelo tio durante o abuso.

Agora no hospital universitário, a vítima está internada na enfermaria. Ela deverá receber atendimento profissional, que engloba psicologia para pacientes que sofreu violência doméstica. Além disso ela deverá receber assistência do serviço social, dentre outras. 

 Crime:

O crime aconteceu no sábado, durante um almoço de família no bairro Jardim das Palmeiras, em Várzea Grande. Gelson foi preso na tarde de segunda-feira (7), em uma ação conjunta entre as Polícias Militar e Civil. De acordo com o delegado Cláudio Alvares da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI), ele confessou o crime e deu detalhes do crime bárbaro.

Tudo aconteceu durante um almoço entre a família.  Durante a comemoração, Gelson teria chamado a vítima para pegar laranja em uma região de mata. Lá, ele a enforcou e em seguida cometeu o estupro. Segundo o delegado, Gelson contou também que cometeu o crime após ter ingerido muita bebida alcoólica.

“No interrogatório ele confessou ter cometido o crime. Ele falou que estava em uma festa de família, sábado a tarde, ingeriu bebida alcoólica e em determinado momento, chamou a sobrinha para pegar laranja em um mato próximo da casa onde eles estavam. Com a condição de confiança que a vítima tinha nele, ela foi, e lá aconteceu o estupro”, explicou o delegado.

Em outra parte nebulosa do depoimento, Gelson confirmou que sentiu que estava machucando as partes íntimas da vítima e após muitos gritos ele fugiu.

“Quando penetrou, ele disse que sentiu que estava rasgando. É difícil de ouvir, mas ele disse isso mesmo. A menina ficou gritando de dor por dois minutos. A intenção dele não era matar, não. Ele vai responder como estupro de vulnerável. Ele disse que enforcou a menina, mas na hora que ele fugiu a criança ainda estava consciente. Mas no interrogatório, contou que saiu do local, porque a menina gritava muito e ele com medo que as pessoas escutassem, fugiu. Ele ainda tentou enforcar para que ela parasse de gritar, mas não deu certo”, concluiu o delegado Cláudio Alvares.

Na terça-feira, o juiz Eduardo Calmon de Almeida Cézar, da Vara Especializada da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher da Comarca de Várzea Grande, decretou a prisão preventiva de Gelson. Conforme o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT), a prisão do acusado foi decretada antes mesmo da audiência de custódia que será realizada nesta quinta-feira (10). No procedimento, Gelson falará sobre as circunstâncias da prisão, de sua integridade física e também será decidido em qual presídio ele ficará recluso.

Criança estuprada pelo tio é transferida de hospital
Fonte: Querência Em Foco com Hiper Notícias

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.