NOTÍCIA - Policial/Acidente

15 de maio de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Morte após lipo. Delegada aguarda laudo antes de abrir inquérito sobre o caso

Após o procedimento, a jovem teve uma parada cardíaca e teve de ser transferida de hospital
Morte após lipo. Delegada aguarda laudo antes de abrir inquérito sobre o caso

O inquérito da morte de Daniele Bueno, que morreu no domingo (13) após complicações em uma cirurgia plástica, só deverá ser aberto após o resultado do laudo da Perícia Oficial Técnica (Politec), que vai revelar a causa da morte.

 As informações foram repassadas ao site MidiaNews pela delegada Juliana Palhares, da Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), que comanda inicialmente as investigações na tarde desta segunda-feira (14).

 "Por enquanto não vou comentar sobre o caso até que o laudo, os exames complementares, que apuram a causa da morte da jovem sejam entregues. Depois, conversaremos com os familiares e então verificar se o caso se trata de um crime", explicou.

 O laudo deverá ser concluído em 15 dias. Daniele fez uma “lipoescultura” – operação cirúrgica estética que remove gordura de diversos locais do corpo – e redução nos seios.

 O procedimento foi realizado no Hospital Militar, no Bairro Goiabeiras, mas ela acabou sendo transferida para o Hospital Sotrauma, devido a uma parada cardíaca e ao fato de a unidade inicial não possuir Unidade de Terapia Intensiva (UTI). No entanto, ela não resistiu e acabou morrendo. O procedimento foi realizado dentro de um projeto chamado “Plástica para Todos”, que oferece cirurgias a baixo custo e em condições facilitadas de pagamento.

 Na manhã desta segunda-feira, a assessoria de imprensa da SBCP (Sociedade brasileira de Cirurgia Plástica), informou, por meio de nota, que irá esperar a conclusão do inquérito investigativo para se manifestar a respeito do episódio.

 As informações repassadas por familiares dão conta que Daniele era casada e tinha uma filha pequena.

Morte após lipo. Delegada aguarda laudo antes de abrir inquérito sobre o caso
Fonte: Querência Em Foco com DAFFINY DELGADO DA REDAÇÃO

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.