NOTÍCIA - Policial/Acidente

30 de maio de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Polícia Civil recupera 27 cabeças de gado e esclarece furtos em Nova Xavantina

As investigações iniciaram na sexta-feira (25), quando uma das vítimas procurou a Delegacia de Nova Xavantina para denunciar o vizinho
Polícia Civil recupera 27 cabeças de gado e esclarece furtos em Nova Xavantina

Mais de 25 cabeças de gado furtadas de propriedades rurais de Nova Xavantina foram recuperadas, pela Polícia Judiciária Civil, durante investigações realizadas no final de semana, no município. As rezes foram encontradas em posse de E.B.S., que foi autuado em flagrante pelos crimes de receptação e furto de semoventes.

As investigações iniciaram na sexta-feira (25), quando uma das vítimas procurou a Delegacia de Nova Xavantina para denunciar o vizinho, que supostamente estaria envolvido no furto de cabeças de gado de sua propriedade. Segundo o comunicante, há dois anos ele vinha notando o sumiço de novilhas, totalizando o desaparecimento de 50 cabeças.

A vítima decidiu procurar a Polícia após perceber que alguns de seus animais estavam na propriedade vizinha, com uma marca sobreposta a colocada por ele. Com base na primeira denúncia e com o surgimento de uma nova vítima, prontamente uma equipe de policiais, coordenadas pelo delegado Raphael Diniz Garcia, diligenciou até a propriedade suspeita.

Após minuciosa vistoria, foi possível identificar os animais remarcados, sendo restituídas 11 novilhas para uma das vítimas e um boi da raça Nelore para a segunda. “Foi realizado um teste relativamente simples, que foi expôs a marca primária dos animais, as quais foram identificadas pelas duas vítimas”, disse o delegado.

Em continuidade as diligências, os policiais seguiram em busca do responsável pelas rezes, que foi detido horas mais tarde. O acusado, E.B.S., é ex-funcionário da propriedade em que o gado foi encontrado e utilizava um pasto cedido no local. Ele foi conduzido à delegacia e em interrogatório, negou ter furtado as novilhas e disse que adquiria o gado de terceiros, porém confirmou ter remarcado somente um boi que recebeu.

Com a informação de que o suspeito possuía uma propriedade sua, os policiais realizaram novas diligências no sábado e domingo (26 e 27) conseguindo localizar mais 15 animais, que estavam em sua posse e que apresentavam as mesmas características fraudulentas de remarcação.

Segundo o delegado, Raphael Diniz, o gado apreendido pode ser produto de furto em outras propriedades da região, pois também apresentam marcas primárias sobrepostas com a marca do investigado.

“Os criadores de gado da região, que deram falta de animais nos últimos tempos, devem vir até a Delegacia de Polícia de Nova Xavantina e apresentar suas marcas e notas fiscais, a fim de tentarem identificar as rezes apreendidas”, destacou.

O acusado foi autuado em flagrante pelos crimes de receptação e furto de semoventes e posteriormente encaminhado ao Presídio Major Zuzi Alves, em Água Boa, onde aguarda à disposição da Justiça, uma vez que teve a prisão em flagrante convertida em preventiva. As investigações estão em andamento para identificar outros envolvidos no crime.

Polícia Civil recupera 27 cabeças de gado e esclarece furtos em Nova Xavantina
Fonte: Querencia em foco com Agencia da Noticia.

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.