NOTÍCIA - geral

11 de junho de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Vendido jarro de porcelana chinesa do século XVIII por EUR 4,1 mi em leilão na França

O jarro, que leva a marca do imperador Qianlong, quarto na dinastia manchu Qing, foi arrematado em 10 minutos.
Vendido jarro de porcelana chinesa do século XVIII por EUR 4,1 mi em leilão na França

Um jarro de porcelana que pertenceu ao imperador chinês Qianlong (1736-1795) foi arrematado por 4,1 milhões de euros por um comprador francês durante um leilão na França, constatou um correspondente da AFP.

 

Com os gastos, a venda alcança os cinco milhões de euros, segundo Philippe Rouillac, comissário do leilão no castelo de Artigny, em Montbazon (centro), 10 vezes mais do que o preço de saída.

 

O jarro, que leva a marca do imperador Qianlong, quarto na dinastia manchu Qing, foi arrematado em 10 minutos.

"É uma francesa (representando o comprador por telefone) que superou 17 chineses vindos de todo o mundo para recuperar seu patrimônio nacional", assinalou Rouillac.

 

Segundo a especialista de arte do Oriente Extremo Alice Jossaume, trata-se de um dos dois jarros do imperador Qianlong - "o homem mais poderoso de sua época" - que existem no mundo.

 

O outro jarro similar foi vendido por 1,8 milhão de euros pela Sotheby's em Hong Kong em abril de 2016.

O jarro vendido neste domingo irá "para o apartamento parisiense de um colecionador", disse Rouillac, acrescentando que "talvez possa ser emprestado ao Museu Guimet", dedicado à arte asiática, em Paris.

 

Foi Rouillac quem descobriu por acaso a peça em meados de abril durante uma visita a um castelo desta região francesa.

 

Vendido jarro de porcelana chinesa do século XVIII por EUR 4,1 mi em leilão na França
Fonte: Querência Em Foco com J B .

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.