NOTÍCIA - geral

12 de junho de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Uber deve lançar recurso que identifica usuários bêbados

Solução da empresa levará em conta a rapidez e número de erros da digitação e outros fatores para definir se um usuário está embriagado
Uber deve lançar recurso que identifica usuários bêbados

Uber está desenvolvendo um sistema baseado eminteligência artificial capaz de identificar quando os usuários que chamam por um carro no aplicativo estão embriagados. A novidade foi revelada graças a uma patente registrada pela empresa e divulgada pela CNN .

 

De acordo com o documento, o sistema Trust & Safety , registrado ainda em 2016, faz o monitoramento da forma em que o aplicativo da Uber é usado. Entre os detalhes levados em conta pelo algoritmo estão a rapidez da digitação e erros, velocidade da caminhada e a forma com que o smartphone é mantido e usado durante o dia em questão.

 

A localização em que um veículo da Uber é solicitado também pode influenciar no reconhecimento da embriaguez, segundo a patente, como ruas lotadas de bares.

Mas o que acontece quando um usuário alcoolizado é identificado? Primeiramente, o motorista recebe uma notificação em seu aparelho, podendo ser informado que chegue ao local um pouco depois para que dê tempo de o usuário se deslocar até o ponto de encontro e então entrar no veículo.

 

Avaliando os níveis de sobriedade, a Uber ainda pode direcionar o usuário apenas a motoristas experientes, que saibam o que fazer nessas situações. No entanto, aparentemente a patente não deve excluir essas pessoas de utilizarem o serviço.

 

Problemas . A CNN relembrou casos em que motoristas do aplicativo se aproveitaram sexualmente de passageiros embriagados, sendo ao menos 103 registros feitos nos últimos quatro anos nos Estados Unidos .

 

O novo algoritmo, então, pode facilitar que motoristas criminosos identifiquem suas vítimas quando receberem um pedido. A Uber

não respondeu à CNN sobre o problema.

 

 

Uber deve lançar recurso que identifica usuários bêbados
Fonte: Querencia em Foco com TERRA NOTICIAS .

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.