NOTÍCIA - prefeitura/politica

31 de julho de 2018 | MENOR | MAIOR | |

“Fala não foi boa, causou desconforto, mas isso será superado”

“Fala não foi boa, causou desconforto, mas isso será superado”

O secretário-geral do PSDB, Ussiel Tavares, confirmou que as recentes declarações da ex-juíza Selma Arruda (PSL) causou um mal-estar no ninho tucano e que há descontentes com a presença dela na chapa de reeleição do governador Pedro Taques (PSDB).

 

Na mesma semana em que oficializou sua pré-candidatura ao Senado, ao lado de Nilson Leitão (PSDB) e do governador, Selma gravou um vídeo afirmando que seus eleitores não precisam votar em “chapa fechada”. A declaração causou revolta entre os aliados de Leitão.

 

Segundo Ussiel, a declaração foi ruim, mas há como se contornar a situação.

 

“O assunto está sendo debatido internamente. Não há nada definitivo. Lógico que causou certo incomodo, mas não é nada que não seja superado. Alguns filiados não gostaram. E, logicamente, que a fala não foi boa. Mas eu acho que há como contornar e não vai ter crise nenhuma em função disso”, afirmou ao MidiaNews.

 

Alair Ribeiro/MidiaNews

Selma Arruda 24-07-2018

A ex-juíza Selma Arruda: declaração polêmica

De acordo com ele, a vontade de Taques é de que Selma permaneça na aliança. Ussiel disse que um grupo tenta “acalmar os ânimos” entre os membros da executiva do partido.

 

“A opinião do governador é muito importante. Quem decide é a executiva, mas a opinião do governador é fundamental. A gente está tentando junto aos membros da executiva como equacionar isso aí e como melhorar a insatisfação que foi gerada”, disse.

 

“Temos que nos preocupar com a eleição em si. Com o Nilson Leitão, que é nosso candidato. Com o governador, que vai à reeleição. Isso daí é um detalhe que, com certeza, vai ser superado”, completou.

 

A declaração

 

Um vídeo com declarações da ex-juíza Selma Arruda sobre a disputa eleitoral deste ano viralizou nas redes sociais e causou mal-estar no ninho tucano.

 

Selma disse que os eleitores que se identificam com ela, mas não com os outros membros de sua coligação, não precisam votar neles.

 

“Pra quem acredita nas minhas ideias, no meu projeto, é óbvio que as pessoas não precisam votar em chapa fechada. Aquele que acredita na Selma e não acredita em A ou B que está na coligação, pode, perfeitamente, votar em outro governador, outro deputado federal, outro senador”, disse a ex-magistrada.

 

No PSDB, alguns estariam defendendo o rompimento da aliança com a pré-candidata. Enquanto isso, o vídeo já ganha “novas versões” e montagens nas redes sociais. Os mais ácidos dizem que os adversários de Taques e Leitão já estão usando Selma como “garota propaganda”.

“Fala não foi boa, causou desconforto, mas isso será superado”
Fonte: Querencia em Foco com DOUGLAS TRIELLI .

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.