NOTÍCIA - prefeitura/politica

04 de agosto de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Ex-líder: “Queremos superar política da vingança e do retrovisor”

Dilmar diz que Mendes terá "missão grande", mas que espera êxito como na Prefeitura de Cuiabá
Ex-líder: “Queremos superar política da vingança e do retrovisor”

O ex-líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Dilmar Dal’Bosco (DEM), alfinetou o governador Pedro Taques (PSDB) nesta semana.

 

O parlamentar disse que a sigla terá a melhor chapa possível de modo a mudar a política da “vingança” e do “retrovisor”.

 

“Nós viemos aqui para oferecer o melhor que nós temos para mudar essa roupagem da política do abandono, da política do esquecimento, da política da vingança, da política do retrovisor, da política que só olha para trás”, afirmou.

 

Dilmar afirmou ter orgulho de apresentar o pré-candidato ao Governo da sigla, Mauro Mendes, pelos municípios que percorre. E defendeu que, caso eleito, o ex-prefeito de Cuiabá deve gerar empregos e diminuir a carga tributária do Estado.

 

“Nós queremos uma política com horizonte, que tenha visão do empreendedorismo de Mato Grosso, da geração de emprego. Queremos uma política que tenha segurança jurídica para quem quer vir e continuar gerando emprego”, disse.

 

Com toda a carga tributária que aí está, com tudo que contribuímos, queremos que o Governo seja decente

“Queremos uma política que tenha faça a simplificação da carga tributária, que cuide do micro e pequeno empreendedor, mas também do empresário, do agricultor, pecuarista. Para que não tenhamos que ficar lutando com um pires na mão”, afirmou.

 

O deputado disse ter feito na Assembleia o máximo para que o Executivo tivesse essa visão. Que aumentasse o diálogo com os todos os setores. E afirmou que se Mendes for eleito, terá uma “missão grande”.

 

“Com toda a carga tributária que aí está, com tudo que contribuímos, queremos que o Governo seja decente e ajude as pessoas menos favorecidas. Nós fizemos o máximo dentro do Parlamento para fazer com que o Estado tivesse essa visão”, disse.

Ex-líder: “Queremos superar política da vingança e do retrovisor”
Fonte: Querencia em Foco com DOUGLAS TRIELLI .

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.