NOTÍCIA - Agronegócio

09 de agosto de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Exportação de grãos deve ficar abaixo do esperado

Exportação de grãos deve ficar abaixo do esperado

Um relatório produzido pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) informou que a exportação de grãos na Argentina deve ficar abaixo do que o esperado pelo próprio departamento. Como consequência, os estoques devem ficar maiores ao fim da safra 2018/2019.

De acordo com o relatório, os informes argentinos indicam que as exportações de trigo fecharão o próximo ciclo em cerca de 13,6 milhões de toneladas, 600 mil toneladas a menos do que o esperado pelo USDA e com estoques estipulados em 760 mil toneladas a mais. Além disso, as exportações de cevada também devem ficar abaixo das expectativas.

“Não prevemos que o mercado permita que as ações fiquem muito baixas, pois criaria tensões significativas no mercado, com possíveis picos de preços que poderiam ter um impacto direto nos preços dos alimentos locais e na inflação”, diz o relatório.

No entanto, a produção argentina de milho para a safra 2018 /2019 aumentou em 41,5 milhões de toneladas, 500 mil toneladas acima do que o previsto anteriormente pelo USDA. Segundo o departamento, não foram identificadas grandes mudanças de estimativas nas culturas de sorgo e arroz.

“O consumo de milho para a safra 2018 /2019 está previsto em 13 milhões de toneladas, 1 milhão de toneladas acima do que disse o USDA. O setor pecuário local continua a crescer, o mesmo que ocorre com a indústria de bioetanol de milho. Há vários anos, o setor de gado local continua a experimentar um ciclo de expansão, com uma recuperação do rebanho que resulta em uma maior produção de abate e carne bovina”, finaliza o texto.

Exportação de grãos deve ficar abaixo do esperado
Fonte: Querencia em Foco com Agrolink.

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.