NOTÍCIA - geral

15 de agosto de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Bruna Linzmeyer explica decisão de se posicionar como lésbica

Bruna Linzmeyer explica decisão de se posicionar como lésbica

Bruna Linzmeyer, 25 anos, atriz e ativista pela causa LGBT (sigla para Lésbicas, Gays, Bissexuais e Trans), explicou à revista "Donna", do Festival de Gramado, o motivo de se posicionar como lésbica.

 

Ex-namorada do ator Michel Melamed, a artista atualmente namora a artista visual Priscila Visman e, no meio artístico, é uma das grandes representantes do relacionamento homoafetivo entre mulheres:

"É um ato político usar essa palavra. Porque eu, como ser humano, não quero ser reduzida por essa palavra em nenhuma esfera. Se fosse pensar na minha sexualidade, a minha sexualidade é livre:

quero, posso e vou ficar com quem eu quiser. Existe até um nome para isso, que é pansexual ou panafetiva. Vou me relacionar com seres humanos, não importa o gênero deles, a sexualidade, com o que ele se identifica. Mas o uso da palavra lésbica, porque também sou lésbica, não sou só lésbica, é importante para o ato de luta. As pessoas falam pouco a palavra lésbica, né. Além de ser homoafetiva ou homossexual, eu ainda sou mulher. E é isso que a palavra lésbica traz. Há um preconceito, um machismo e misoginia porque é mulher e também porque namora outras mulheres. Por isso o uso dessa palavra é importante. Mas considero a minha existência, o meu corpo e o meu prazer muito maior do que qualquer caixinha", frisa.

Bruna Linzmeyer explica decisão de se posicionar como lésbica
Fonte: Querência Em Foco com Do extra.

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.