NOTÍCIA - Saúde

29 de novembro de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Expectativa de vida cai nos EUA com alta nos casos de suicídio e crise dos opioides

Foram mais de 2,8 milhões de mortes em 2017, maior número já registrado desde o início do monitoramento dos dados no país.
Expectativa de vida cai nos EUA com alta nos casos de suicídio e crise dos opioides

Os índices de suicídio e overdose de drogas, como os opioides, puxaram o número de mortes nos Estados Unidos em 2017 e levaram a uma queda na expectativa de vida no país. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (29) pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), órgão que contabiliza dados americanos de saúde.

Foram 2,8 milhões de mortes nos Estados Unidos em 2017 – 70 mil a mais do que o registro do ano anterior. Esse é o maior número em mais de um século, desde o início do monitoramento do governo do país.

As mortes em faixas etárias mais jovens – particularmente na faixa entre os 25 e 44 anos – apresentaram o maior impacto nessa queda da expectativa de vida entre os americanos.

 

"Essas estatísticas são preocupantes porque são um alerta. Estamos perdendo muitos americanos, muito cedo e com muita frequência, e as condições são evitáveis", disse Robert Redfield, diretor dos CDC.

Overdose e suicídio

 

Em agosto deste ano, um estudo publicado pela revista "BMJ" já havia chamado a atenção para um aumento nas mortes por overdose de drogas e suicídio. As duas taxas juntas superaram os índices do diabetes.

Os dados desta quinta-feira divulgados pelos CDC mostram uma alta de 3,9% nos suicídios no país – eram 13,5 mortes por 100 mil habitantes em 2016, contra uma taxa de 14 óbitos por 100 mil no ano passado. As doenças cardíacas e o câncer ainda são os principais motivos de morte entre os americanos.

Outro índice em destaque está em um relatório separado, com uma análise mais minuciosa sobre as taxas por overdose de drogas. Em 2017, ocorreram 70.237 mortes por uso abusivo de medicamentos. Os adultos com idades entre 25 e 35 anos, 35 e 44 anos e 45 e 54 anos foram os que mais morreram devido ao uso de drogas.

Expectativa de vida cai nos EUA com alta nos casos de suicídio e crise dos opioides
Fonte: Querência em Foco com G1

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.