NOTÍCIA - Política

30 de novembro de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Gisela Simona fará parte da equipe de transição do governador eleito Mauro Mendes

Gisela Simona fará parte da equipe de transição do governador eleito Mauro Mendes

A ex-superintendente do Procon em Mato Grosso, Gisela Simona (Pros), participará da equipe de transição do governador eleito Mauro Mendes (DEM), a pedido do ex-prefeito de Cuiabá, que assumirá o Palácio Paiaguás no dia 1º de janeiro de 2019. Ela comandou o órgão por nove anos, até ser exonerada do cargo por Pedro Taques (PSDB), em 2017.

isela se candidatou a uma vaga na Câmada dos Deputados nas últimas eleições e teve 50.682 votos, ficando com a quinta colocação. Ela teve 333 a menos do que Rosa Neide, ex-secretária de Estado de Educação (Seduc), ocupando a quarta vaga da coligação que elegeu ainda Neri Geller (PP), José Medeiros (Podemos) e Emanuelzinho (PTB).

 

Por ser servidora efetiva lotada na Superintendência de Defesa do Consumidor, vinculada à Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), ela teria que ter autorização do Governo do Estado para integrar a equipe de transição.

 

"Considerando a solicitação feita pelo Governador Eleito, [...] fica autorizada a servidora pública Gisela Simona Viana de Souza, matrícula 81022, Conciliadora de Defesa do Consumidor, lotada na Superintendência de Defesa do Consumidor, vincula à Secretaria Adjunta de Justiça, desta Secretaria de Estado, a auxiliar à Equipe de Transmissão de Mandato Governamental do Governador Eleito, até o quinto dia útil após a posse do novo governador", diz a portaria, publicada na quarta-feira (28), no Diário Oficial.

 

A portaria tem efeitos retroativos ao dia 9 de novembro. Gisela atuará juntamente com a equipe de Mauro Mendes, que tem nomes como o do ex-vereador Gilberto Gomes de Figueiredo, do seu vice, Otaviano Pivetta (PDT) e Mauro Carvalho Junior, Margareth Busetti.

Gisela Simona fará parte da equipe de transição do governador eleito Mauro Mendes
Fonte: Querência em Foco com Hiper Notícias

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.