NOTÍCIA - Agronegócio

06 de dezembro de 2018 | MENOR | MAIOR | |

Preço da soja não agrada produtores brasileiros

Os R$ 80,65 pagos nos portos é o preço mínimo que o agricultor quer no interior
Preço da soja não agrada produtores brasileiros

A média apurada pela pesquisa diária do Cepea registrou que os preços pagos pela soja brasileira chegaram a R$ 80,65 nos portos. “Mas este é o preço mínimo que o agricultor quer no interior. Este é o problema. E está todo mundo na expectativa da solução do conflito EUA-China para que isto ocorra. Enquanto isto, apenas negócios pontuais ocorrem”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

Nesta quarta-feira a pesquisa do Cepea acusou queda de 2,36% nos preços dos portos, mesmo tendo Chicago subido 0,19% e o dólar outros 0,23%. Os prêmios permaneceram de inalterados a mais baixos para abril e maio, mas mais altos para maio e junho/julho. No interior a queda foi menor: 0,26%, para R$ 76,41/saca, aumentando as perdas de dezembro para 1,84%.

O clima na América do Sul, ainda que em segundo plano, está no radar dos investidores. Segundo a ARC Mercosul, os mapas climáticos apontam concentração de chuvas na porção norte da região e um período de estiagens para o Centro-Sul do Brasil, Paraguai e Argentina. Os consultores apontam uma massa de ar quente impede que precipitações ocorram em Mato Grosso do Sul, São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul pelos próximos 5 dias, mas há previsão de volumes acumulados de 40 mm a 80 mm em Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e região Nordeste.

“No geral, não há preocupações para este período árido sobre partes do lado sul brasileiro”, diz a ARC Mercosul, acrescentando que o evento pode ser benéfico para os solos da região, com boa reserva hídrica.

Ainda de acordo com a T&F, no mercado interno a movimentação é fraca, tanto no spot quando da soja 2018/19. “Os preços recuaram em algumas praças, mas os vendedores, que já vinham negociando pontualmente, agora têm menos estímulos para vender”, conclui o analista da T&F Luiz Fernando Pacheco.

Preço da soja não agrada produtores brasileiros
Fonte: Querência em Foco com Portal Do Agronegócio.

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.