NOTÍCIA - Política

16 de janeiro de 2019 | MENOR | MAIOR | |

Mauro Mendes sinaliza possibilidade de decretar estado de calamidade financeira em MT

O governador esteve, no início da noite desta terça-feira, na Assembleia Legislativa em Brasília, e se reuniu com os deputados para apresentar um esboço de um decreto. Segundo ele, esse decreto deve ser aprovado pelos parlamentares em regime de urgên
Mauro Mendes sinaliza possibilidade de decretar estado de calamidade financeira em MT

Mato Grosso vai declarar estado de calamidade financeira, caso o Governo Federal não libere a parcela de R$ 510 milhões do Auxílio Financeiro de Fomento e Exportação (FEX) do ano passado. O governador Mauro Mendes (DEM) estará nesta quarta-feira, em Brasília, conversando com a equipe econômica do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e depende do que lhe for repassado, com relação a liberação de recursos para o Estado, para assassinar o decreto.

No início da noite desta terça-feira na Assembleia Legislativa, o governador se reuniu com os deputados para apresentar um esboço do decreto que, segundo ele, terá de ser aprovado pelos parlamentares em regime de urgência. De acordo com Mauro Mendes, esta decisão será tomada em último caso, se fracassar as tratativas em Brasília.

Ao conversar com os parlamentares, Mauro Mendes disse que a liberação do Fex, que precisa passar por aprovação da Câmara Federal que está em recesso e só retorna em primeiro de fevereiro, com nova composição, é essencial para promover um equilíbrio nas finanças de Mato Grosso.

O decreto também impede que todas as secretarias possam contrair novas despesas.

Mauro Mendes sinaliza possibilidade de decretar estado de calamidade financeira em MT
Fonte: Redação

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.