NOTÍCIA - Agronegócio

25 de janeiro de 2019 | MENOR | MAIOR | |

“O poder público tem nos atrapalhado muito” afirma presidente da FAMATO

“O poder público tem nos atrapalhado muito” afirma presidente da FAMATO

O senhor, Normando Corral, presidente da FAMATO (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso), declarou na noite desta quinta-feira (24), que o poder público tem atrapalhado o setor produtivo. Segundo ele, enquanto o setor de produção tem colaborado com o governo, as onerações são superiores ao suporte que o estado deveria dar para o setor. A declaração foi dada em entrevista durante o 2º Workshop Rural Técnica.

“O posicionamento da FAMATO é sempre em defesa do produtor rural, principalmente quando tem taxações e impostos agressivos, mas não só isso, nós também somos impedidos por determinados ou excessos de licenças e burocracias que restringe a nossa atuação. Nós temos agora que mostrar que o governo tem nos atrapalhado, e muito. Em contrapartida, nós temos ajudado ele, e muito.” Afirmou.

No evento, Corral ministrou uma palestra sobrea importância da representatividade no agronegócio. Além desta, também houveram outras três palestras voltadas para o setor.

A declaração feita pelo presidente da FAMATO, ocorreu na mesma noite em que a Assembleia Legislativa de Mato Grosso aprovou a reedição do Fethab- imposto pago por produtores do agronegócio-, em que mais atividades são incluídas na taxação e a destinação da verba seria alterada para atividades além da infraestrutura de rodovias e estradas.

“O poder público tem nos atrapalhado muito” afirma presidente da FAMATO
Fonte: Redação

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.