NOTÍCIA - Policial/Acidente

15 de abril de 2015 | MENOR | MAIOR | |

Um dos primeiros médicos de Querência comete suicídio na ponte do rio Buricá

Um dos primeiros médicos de Querência comete suicídio na ponte do rio Buricá

O médico Sixto Carlo Bombardelli, 46 anos, cometeu suicídio por meio de enforcamento na manhã desta terça-feira (14-04), na ponte sobre o Rio Buricá, localidade de Ponte Alta, interior de São José do Inhacorá. Segundo a polícia ele amarrou uma corda sobre a proteção lateral da ponte no lado direito para quem trafega de Três de Maio a Boa Vista do Buricá. O suicídio ocorreu por volta das 8h e 10min.


Segundo informações ele chegou ligar para um colega dizendo que iria se matar na ponte sobre o Rio Santa Rosa, que divide Três de Maio e Santa Rosa. Imediatamente o enfermeiro ligou para a polícia que foi até o local, porém ele foi pegou o trajeto inverso e cometeu suicídio. O veículo dele foi deixado no acostamento da rodovia.


Sixto Carlo Bombardelli era médico clinico geral e trabalhava na Secretaria de Saúde de Três de Maio desde 4 de janeiro de 1999. Ele tinha especialização em saúde mental e e desde agosto de 2013, era o médico responsável pelo CAPS – Centro de Atenção Psicossocial que trata de problemas de alcoolismo, drogas e depressão.


O velório será realizado a partir das 14h de hoje na funerária Três de Maio. Ele deixa a esposa e três filhos.

Um dos primeiros médicos de Querência comete suicídio na ponte do rio Buricá
Fonte: No Ar Notícias

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.