NOTÍCIA - Policial/Acidente

18 de janeiro de 2016 | MENOR | MAIOR | |

Final de semana termina com cinco homicídios e um latrocínio em Cuiabá

A maioria dos assassinatos foi motivada por tráfico de drogas ou por algum tipo de “rixa”
Final de semana termina com cinco homicídios e um latrocínio em Cuiabá

Cinco pessoas foram assassinadas durante o final de semana em Cuiabá e Várzea Grande. Entre elas, está uma grávida de sete meses, encontrada morta dentro da sua residência, na noite de sexta-feira (15). Ela foi assassinada a golpes de faca.

 

A Polícia Militar ainda registrou um latrocínio (roubo seguido de morte) contra um serralheiro de 28 anos.

 

A maioria dos assassinatos foi motivada por tráfico de drogas ou por algum tipo de “rixa”.

 

A última execução ocorreu na madrugada desta segunda-feira (18) no bairro Santa Helena, na Capital.

 

A vítima, Josenil Lucas Figueiredo de Lima, de 32,  foi assassinado a tiros, supostamente por um rapaz que é filho de uma traficante da região. 

 

Policiais militares foram até a casa do suspeito, mas ele não foi encontrado.

 

Na residência, os PMs apreenderam 1 quilo de maconha.

 

O material foi levado até a Central de Flagrantes. O crime será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

Morte no Três Barras

 

Um jovem de 26 anos foi morto com três tiros na madrugada de domingo (17), no bairro Três Barras, em Cuiabá.

 

De acordo com boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por volta de 5h40 para atender a ocorrência de disparo de arma de fogo no “Bar do Bigode”.

 

Ao chegarem ao local, os PMs se depararam com a vítima, identificada como Weslon Ricardo Gomes Miranda, caída no chão.

 

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionada e constatou a morte do homem no local.

 

O assassinato teria sido motivo por uma “rixa”. Testemunhas informaram que o jovem teria discutido com uma pessoa no sábado (16), porém não souberam dizer de quem se tratava.

 

 O suspeito do crime não foi localizado até o momento.

 

Execução no Getúlio Vargas

 

Ainda no domingo, um homem de 38 anos foi assassinado com golpes de faca em uma rua do bairro Getúlio Vargas, em Cuiabá.

 

A vítima, identificada como Waldir da Silva, teve várias perfurações pelo corpo.

 

Ele estaria envolvido no assassinato de um rapaz conhecido como “Cabeção”, segundo testemunhas.

 

O suspeito do crime ainda não foi encontrado pela Polícia.

 

Latrocínio

 

Um homem de 28 anos foi morto na madrugada de sábado (16), no bairro Jardim Icaraí, em Várzea Grande, após reagir a uma tentativa de roubo.

 

De acordo com informações da Polícia Militar, F.S.S. foi atingido por um disparo de arma na cabeça. Ele morreu no local.

 

A vítima estava acompanhada de sua esposa, G.M.D.S., de 30 anos.

 

Segundo seu relato, ambos caminhavam pelo bairro quando foram surpreendidos por dois homens, cada um em uma moto Honda Biz, sendo uma azul e a outra preta.

 

Um dos elementos estava em posse de uma arma de fogo, o qual anunciou o roubo. E, nesse momento, a vítima reagiu, partindo para cima do suspeito, entrando em luta corporal.

 

Porém, a vítima foi atingida por um disparo de arma de fogo na cabeça.

 

Após o assassinato, os assassinos fugiram com os pertences das vítimas.

 

A Polícia Militar fez buscas na região, mas não localizou os suspeitos.

 

Assassinato no Três Poderes

 

Também no sábado, um jovem de 22 anos foi assassinado a tiros no bairro Três Poderes.

 

A vítima, identificada como  Igor Paulo Francisco de Arruda, estava na companhia de um amigo, de 36 anos, que chegou a ser atingido pelos tiros, mas passa bem.

 

Conforme a Polícia Militar, o crime foi cometido por dois homens em uma motocicleta.

 

Até o momento, os suspeitos não foram encontrados.

 

Grávida encontrada morta

 

Uma jovem de 22 anos, grávida de 7 meses, foi encontrada morta na sexta-feira (15), dentro da casa dela, no Bairro Vila Operária, em Várzea Grande.

 

De acordo com informações da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP), o crime teria ocorrido na noite de quinta-feira (14) e só foi descoberto pela família da vítima no outro dia.

 

Segundo a DHPP, três pessoas teriam participado do crime, sendo dois rapazes e uma adolescente.  Um deles, que seria primo do namorado da vítima,  já foi preso.

 

A Polícia Civil procura os outros acusados.

 

Conforme as investigações, os três teriam rendido a grávida e a levado para uma área de campo no Bairro Capela do Piçarrão.

 

Nesse local a grávida foi assassinada a facadas, e depois,  transportada de volta para a sua casa.

 

Na residência os suspeitos lavaram o corpo e deixaram a vítima deitada na cama dela.

 

Ela foi encontrada seminua usando apenas uma roupa íntima. Não há informações se a vítima foi violentada sexualmente. A polícia aguarda resultado de exames e laudos.

 

Final de semana termina com cinco homicídios e um latrocínio em Cuiabá
Fonte: Querência em Foco com Midia News

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.