NOTÍCIA - Policial/Acidente

28 de junho de 2016 | MENOR | MAIOR | |

Morre no pronto socorro agente após 9 dias de ter sido baleado.

Morre no pronto socorro agente após 9 dias de ter sido baleado.

O agente socioeducativo Sidney Carlos da Silva Alves, 40, morreu no pronto socorro de Cuiabá na noite desta segunda-feira (27). Ele estava internado na unidade médica há nove dias, desde que foi baleado enquanto trabalhava fazendo a escolta do transporte de dinheiro de uma empresa de capitalização no distrito de Sucuri.

O crime aconteceu na noite do último dia 18, quando os agentes faziam um trabalho extra de escolta, momento em que foram abordados por três homens que anunciaram um assalto. O agente Sidney, que estava acompanhado do também agente Anderson Márcio Pereira da Silva, 36, reagiram e acabaram tendo o carro em que estavam “metralhado”.

Atingido em uma das mãos e no ombro, o agente Anderson recebeu alta no mesmo dia e foi liberado após receber atendimento médico. Já o agente Sidney, que foi baleado nas costas e estava correndo o risco de ficar paraplégico, não resistiu aos ferimentos e teve a morte confirmada nesta segunda-feira. 

Os dois servidores foram vítimas do crime na semana em que vários ataques a ônibus e residências de agentes foram registradas em decorrência da greve dos agentes penitenciários de todo o estado que reivindicam o pagamento da RGA (Revisão Geral Anual).

Já a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) descartou que a tentativa de assalto tenha relação com os ataques ocorridos neste mês de junho. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Morre no pronto socorro agente após 9 dias de ter sido baleado.
Fonte: Querência em Foco com Redação

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.