NOTÍCIA - prefeitura/politica

12 de maro de 2017 | MENOR | MAIOR | |

Vereadores cobram resoluções de Secretaria de Saúde.

Parlamentares realizaram um levantamento que apontou diversas deficiências no setor
Vereadores cobram resoluções de Secretaria de Saúde.

A comissão de Saúde convocou o secretário de Saúde de Várzea Grande, Luiz Soares, para reunião com os vereadores, na última quinta-feira (09.03), para debater os principais problemas do setor. 

Presidida pelo vereador Miguel Angel, popular Dr. Miguel (PSDB), a comissão apresentou as demandas encaminhadas ao legislativo e cobrou resoluções. 

Cansados de usar a tribuna os parlamentares decidiram ouvir o executivo e construir uma agenda propositiva com Soares. A reunião que durou mais de 3h e trouxe à tona o cronograma que será executado pela secretaria nos próximos meses. 

O secretário foi sabatinado e respondeu a perguntas dos vereadores, que abordaram questões sobre contratação de fornecedores e prestadores de serviços, licitações, situação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), e das unidades básicas de saúde e sobre a situação do Pronto Socorro de Várzea Grande (PS-VG). 

O vereador Dr. Miguel fez um levantamento e estudo prévio de todas as deficiências junto à comissão de Saúde que facilitou o entendimento para os parlamentares que estavam presentes. 

Um dos pontos cruciais apresentados por Miguel se refere a dificuldade de se conseguir marcar consultas e encaminhamentos para especialistas. 

Segundo ele a maior dificuldade encontrada é dentro do PS-VG onde falta material, remédios e condições mínimas de trabalhos para os funcionários da unidade. 

“Saúde em primeiro lugar nosso município tem condições de ter um nível de saúde bom temos programas federais, projetos municipais que podem ser englobados para atender a população” disse o vereador Dr. Miguel. 

Após a reunião ficou acordado que o secretário Luiz Soares irá buscar mecanismos para sanar o mais rápido possível as questões discutidas e apontadas por Miguel e pelos demais vereadores. 

“Devemos valorizar não só o médico, mas sim a faxineira, o porteiro, o vigilante que está na unidade básica de saúde, a enfermeira todos aqueles que trabalham em uma unidade seja ela de atenção básica ou até no pronto atendimento” finalizou Miguel.

Vereadores cobram resoluções de Secretaria de Saúde.
Fonte: Querência em foco com Midia News

Comentários

Deixe um comentário sobre esta notícia.