quinta-feira, agosto 18, 2022

Prefeitura de Bragança Paulista (SP) propõe subsídio de tarifa do transporte coletivo para evitar aumento da passagem » Diário do Transporte

Foto: Divulgação/Prefeitura de Bragança Paulista

Medida segue outras cidades do país que vem fazendo o mesmo após aumento do preço dos combustíveis

ARTHUR FERRARI

Para evitar o colapso do transporte coletivo municipal, a Prefeitura de Bragança Paulista (SP) propôs nesta sexta-feira, 5 de agosto de 2022, o subsídio tarifário. A medida vem em paralelo a disparada do preço do diesel e a diminuição do número de passageiros transportados após a pandemia de covid- 19.

Cidades do país já adotam o subsídio tarifário há muito tempo. A cidade de São Paulo, por exemplo, repassou cerca de R$ 2,37 bilhões no primeiro semestre de 2022 ao sistema de transporte público da capital, e o valor pode chegar a R$ 4,4 bilhões até o final de 2022.

A proposta da Prefeitura de Bragança Paulista, que será analisada pela Câmara Municipal, é de um aporte de até pouco mais de seis milhões de reais, até o final deste ano, para manter a tarifa no valor atual de R$ 4,69.

De acordo com a prefeitura, a Câmara Municipal da cidade realiza na segunda-feira, 8 de agosto de 2022, às 10h, a audiência pública para discutir o Projeto de Lei Complementar 21/2022, que autoriza o aporte de recursos para o sistema tarifário do serviço público de transporte coletivo urbano de passageiros no município. A votação do projeto está agendada para terça-feira, 9 de agosto, e ocorre em sessões extraordinárias que acontecem após a 28ª sessão ordinária, que tem início às 14h00.

Arthur Ferrari, para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

FONTE: diariodotransporte

DESTAQUES

RelacionadoPostagens