Querência – MT – 24 de maio de 2024

Prefeitura de Cuiab | Secretaria de Ordem Pblica ir registrar boletim de ocorrncia pela subtrao de computadores, HDs e documentos da Secretaria de Sade


A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública, neste sábado (7), irá registrar Boletim de Ocorrência perante a Polícia Civil em razão da retirada de 26 computadores, 4 NVRs (gravadores de imagens), 1 Analizer (firewall), vários HDs e do sistema de gravação de segurança da Secretaria Municipal de Saúde. 

Após a suspensão de medida interventiva pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), na manhã de sexta-feira (6), os materiais foram retirados sem respaldo legal pelo interventor nomeado pelo Governo do Estado. 

Na manhã de hoje (7), o secretário municipal de Ordem Pública, Leovaldo Salles, entrou no prédio para realizar um levantamento da quantidade de patrimônio público municipal que havia sido removido indevidamente. O secretário estava acompanhado da Polícia Militar e por um representante do gabinete de intervenção. 

“É de competência da Secretaria de Ordem Pública cuidar do patrimônio do Município e a remoção dos equipamentos será comunicado ao Judiciário para adoção das medidas cabíveis”, asseverou.

Segundo o secretário, além da subtração dos equipamentos, a equipe de intervenção deixou vários documentos revirados, fato que compromete o trabalho administrativo da Secretaria Municipal de Saúde.

“A equipe de intervenção não tinha nenhum mandado de busca e apreensão para subtrair equipamentos. Essa ação comprometeu todo o sistema, não é atitude de quem quer melhorar a saúde. A impressão que eu tenho é que a equipe de intervenção buscava uma informação específica, contudo não encontrando, nos instantes finais, resolveu fazer essa devassa na Secretaria de Saúde”, avaliou.  

O secretário informou ainda, que irá solicitar a devolução imediata de tudo que foi subtraído entre documentos e equipamentos. “A saúde não pode parar, mesmo diante da sitação precária da parte administrativa deixada pela equipe de intervenção, vamos dar andamento nos trabalhos. Infelizmente quem é prejudicado é o usuário do Sistema Único de Saúde com o desaparecimento de processos em andamento”, revelou.

Após a equipe de intervenção deixar o prédio, os servidores da administração municipal não tiveram acesso a Secretaria de Saúde. Depois de findar a vistoria realizada pela Secretaria de Ordem Pública, as salas serão lacradas e trancadas.

Além da Secretaria de Saúde, funcionários do setor de Licitação e Contratos (LICON) da Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP), identificaram o ‘sumiço’ de um microcomputador e encontraram arquivos de processos revirados. Um Boletim de Ocorrência já foi lavrado sobre o caso. 

 

 

 

 

 

 



Prefeitura de Cuiabá

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!