Querência – MT – 4 de março de 2024

Judô: Brasil inicia Grand Slam de Tel Aviv com duas medalhas


O Brasil garantiu duas medalhas de bronze no primeiro dia de disputas do Grand Slam de Tel Aviv (Israel). As conquistas obtidas nesta quinta-feira (16) foram alcançadas por Natasha Ferreira, na categoria ligeiro (até 48 kg), e Larissa Pimenta, na meio-leve (até 52 kg).

A primeira a subir ao pódio foi Natasha Ferreira, que iniciou a disputa batendo a italiana Francesca Milani com um ippon. Nas quartas a brasileira superou a espanhola Laura Abelenda, também por ippon. Porém, na semifinal a atleta do clube Sociedade Morgenau (Paraná) parou diante da israelense Tamar Malca, antes de vencer a cubana naturalizada americana Maria Celia Laborde para ficar com a medalha.

“Essa é minha primeira medalha em Grand Slam, então é muito importante e estou muito feliz. Eu passei 28 dias aqui na Europa treinando, então é muito legal fechar esse período com uma medalha. Todo o esforço, o treinamento na França, fiz toda a diferença para a conquista desta medalha”, declarou a atleta de 23 anos à CBJ (Confederação Brasileira de Judô).

Quem também comemorou muito nesta quinta foi Larissa Pimenta, que estreou na competição com uma vitória por waza-ari sobre a israelense Paz Kafri. Porém, ela caiu nas quartas diante da italiana Odette Giuffryda após sofrer ippon.

Com este tropeço, a brasileira teve que disputar a repescagem, etapa na qual Pimenta bateu a polonesa Aleksandra Kaleta, o que lhe permitiu disputar o bronze com a alemã Masha Ballhauss. E na disputa da medalha a atleta do Brasil não vacilou e imobilizou a  adversária por 20 segundos no chão para triunfar por ippon.

“Fazia tempo que eu estava com vontade de ganhar essa medalha. Estamos a poucos meses do Campeonato Mundial e isso é muito importante para mim, para minha confiança, para continuar acreditando”, declarou.





Agencia Brasil

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!