Querência – MT – 28 de maio de 2024

Parque da Catacumba, no Rio, é concedido à iniciativa privada


Foi assinado nesta quarta-feira (5), com a presença do prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e da secretária de Ambiente e Clima, Tainá de Paula, o contrato de concessão do Parque da Catacumba, na Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul da cidade. A empresa vencedora da licitação foi a Lagoa Aventuras, que já atua no local como permissionária há 15 anos.

Segundo a prefeitura, a concessão é um avanço para a manutenção dos parques na cidade. “Esse é o projeto piloto de uma série de outros parques que queremos inovar, não só no processo de concessão, mas também na coparticipação dos moradores e dos usuários. Compreendemos que a concessão, mantendo o acesso gratuito, é fundamental”, disse Tainá.

Com valor total de investimentos de R$ 2 milhões, a empresa fará melhorias e a gestão do parque por 25 anos.

Rio de Janeiro (RJ), 05/04/2023 - Parque Natural Municipal da Catacumba, Lagoa, zona sul da cidade.  Prefeitura assina contrato de concessão para gestão do parque pela concessionária Lagoa Aventuras. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Parque Natural Municipal da Catacumba – Tânia Rêgo/Agência Brasil

Novidades

Segundo Gabriel Werneck, proprietário da Lagoa Aventuras, “o parque irá passar por uma total revitalização, com implantação de novos equipamentos e atividades”. Entre as novidades, estão previstas uma nova tirolesa, com 350 metros, reforma e manutenção dos equipamentos de turismo de aventura existentes, a instalação de um restaurante e o retorno do estacionamento, que hoje se encontra fechado.

O acesso ao parque permanece gratuito, somente as instalações para atividades de aventura serão pagos, como rapel, tirolesa e parede de escalada.

De acordo com Werneck, as primeiras obras previstas são a abertura do estacionamento e os serviços de alimentação. “Já as novas instalações e atividades devem ficar prontas no segundo semestre, devido à necessidade de projetos mais elaborados”.

A concessionária também terá obrigações com todos os cuidados do parque, zeladoria, manutenção e paisagismo, serviços que eram feitos pela prefeitura.

Também está prevista a abertura de um museu contando a história do local do parque, que abrigou, até 1970, a Favela da Catacumba, que chegou a ter 10 mil habitantes e 5 mil casas. O local é chamado assim por se acreditar que era usado para rituais e cemitério indígena.

O horário de funcionamento do Parque da Catacumba é de terça-feira a domingo, de 8h às 17h. As trilhas estão abertas até as 16h.

* Estagiário sob supervisão de Akemi Nitahara



agenciabrasil

Últimas notícias

Gostou? então compartilhe!